PROGRAMA DESPOLUIR: GUIAS PRÁTICOS.

A FETERGS junto com O Programa Despoluir, empenha-se em disseminar conhecimento e contribuir para o desenvolvimento sustentável do transporte em nosso Estado. Desde de 2007 visitamos as empresas de transporte rodoviários regulares do nosso Rio Grande. Atendemos a maioria das empresas urbanas – metropolitanas e de longo curso. Esta adesão voluntária das empresas, em disponibilizarem suas frotas para análise das emissões de poluentes, pelo menos duas vezes por ano, demonstram o engajamento do setor na realização de boas práticas evitando a emissão de gases poluentes.

Além disso, O Programa Despoluir lançou em seu site 5 guias rápidos sobre temas essenciais no transporte. Eles fornecem conhecimento voltado à realidade dos motoristas no transporte rodoviário no Brasil, especialmente os motoristas, os gestores de frotas, os trabalhadores da área de manutenção automotiva e de garagens de empresas transportadoras. O conteúdo se traduz em boas práticas que geram importantes benefícios socioambientais e econômicos ao setor transportador e à sociedade.

Estas orientações além de fundamentais são gratuitas. O conteúdo é focado nas especificidades e nas principais operações deste modal, incluindo os seguintes temas: ARLA 32: Uso Correto; Baterias Automotivas: Boas Práticas no Uso e na Destinação; Ecocondução: Eficaz para o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida; Manutenção Preventiva: Benefício para Todos; e Óleos Lubrificantes Automotivos: Uso e Destinação Adequada.

Constituem um conjunto de boas práticas seguir o conteúdo destes guias. Assim os profissionais da atividade transportadora demonstram comprometimento com o meio ambiente, cumprem com a legislação ambiental e de trânsito, aumentam a sua própria qualidade de vida e a saúde de outras pessoas, visto que combatem a poluição ambiental e o desperdício de recursos naturais. Destacamos que as vantagens vão além dos ganhos ambientais e sociais. Os custos do transporte podem ser significativamente reduzidos devido à economia de combustível e outros insumos, à menor ocorrência de infrações e multas, além da redução do risco de acidentes nas operações do transporte.

Para acessar estes guias clique aqui.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.